Coren interdita enfermagem do Hospital das Clínicas de Carpina

A Unidade já vinha sendo notificada e como não regularizou a situação teve a enfermeira interditada.


O Conselho Regional de Enfermagem de Pernambuco, no uso de suas atribuições, interditou eticamente os profissionais de enfermagem do Hospital das Clínicas, do município de Carpina. Na ocasião, estiveram presentes a presidente Dra. Marcleide Cavalcanti, o procurador do Conselho Bruno Becker e a coordenadora adjunta de fiscalização Dra. Ivana Andrade.

Através de fiscalizações de rotina, o Coren-PE identificou a ausência de profissional enfermeiro em todos os locais onde são desenvolvidas ações de Enfermagem durante o período de funcionamento da instituição.

Sendo assim, a Plenária do Conselho decidiu interditar eticamente os profissionais de enfermagem do Hospital.
“É nosso dever, enquanto Conselho de Enfermagem zelar pelos profissionais que muitas vezes são expostos a situações indevidas e como a legislação é clara, técnicos e auxiliares de enfermagem só podem exercer sua atividade com a supervisão de um enfermeiro. É importante destacar que a nossa preocupação também é com a sociedade e a prestação de assistência de qualidade.

A interdição ética dos técnicos e auxiliares é nossa última cartada.

A Unidade já vinha sendo notificada e como não regularizou a situação, precisamos interditar. Desejamos que as irregularidades sejam sanadas o quanto antes”, pontuou a presidente do Coren-PE, Dra. Marcleide Cavalcanti.

  • Últimas Notícias

  • Vagas de Empego

  • Publicidade