Cambinda Brasileira comemora 103 anos de fundação


O Maracatu Rural de Baque Solto Cambinda Brasileira chegou, neste dia 05 de janeiro, aos seus 103 anos de fundação.

Fundado no ano de 1918, o Cambinda Brasileira é o maracatu rural mais antigo em atividade ininterrupta no País e o único a manter sua sede na zona rural, no Engenho Cumbe, em Nazaré da Mata.

A história do Cambinda Brasileira começou no Engenho Cumbe. A dona da propriedade, conhecida como Dona Rosinha, permitia que os trabalhadores “brincassem maracatu” no domingo de folga. Gostava de ver e pedia que eles se apresentassem na Casa Grande. Em 1918, Nazaré passou por um ano de crise. Sem ter o que comer, a alternativa era pescar. As tarrafas vinham cheias de cambinda e o peixe acabou dando nome ao maracatu. Primeiro se chamou Cambinda Nova e depois Cambinda Amorosa até Dona Rosinha sugerir homenagear o País, mudando para Cambinda Brasileira.

“O primeiro dono do maracatu foi o trabalhador do engenho Severino Lotero. Depois ele não quis mais e passou para João Fulosino e em seguida para João Lauro até meu pai (João Padre) e minha mãe (Dona Joaninha) tomar conta (em 1945). Quando morreu, ele deixou o maracatu pra mim e meus irmãos João e Antônio e disse que Zé de Carro seria o presidente e mestre caboclo e Dona Biu a madrinha”, conta José Estevão da Silva (Zé Padre), lembrando do pedido do pai debaixo do pé de jaca.

Prefeitura parabeniza Cambinda – A prefeitura de Nazaré da Mata, através da Secretaria Municipal de Turismo e Cultura, parabeniza o Maracatu Rural de Baque-Solto Cambinda Brasileira, pela passagem dos seus 103 anos de existência.

É difícil falar da cultura de Nazaré da Mata, sem falar do maracatu e principmente do Cambinda Brasileira, que recebeu o título de Patrimônio Cultural Imaterial de Pernambuco em 2019. O Maracatu Rural Cambinda Brasileira foi fundada em 05 janeiro de 1918, é o mais antigo do Estado (Em atividades ininterruptas) e é composta principalmente por artistas anônimos, durante décadas, o Cambinda Brasileira parece não ter sofrido muito a ação do tempo, guardando hábitos que se confundem com a própria história da cultura popular, direto do terreiro do engenho Cumbe, em nosso munícipio.

“O Maracatu é um destaque importante desta que é a manifestação cultural mais rica e marcante do nosso Município e desde 2019 do Estado e eis que é referência, para todo Brasil, pelo titulo de Patrimônio Cultural Imaterial. Nos orgulhamos, gestão e todos os nazarenos por sua importância e divulgação tanto desta magnífica manifestação cultural, como de nossa Cidade. Iremos trabalhar para difundir ainda mais essa manifestação cultural, para garantir o andamento de ações, gerando resultados positivos para o turismo de Nazaré da Mata. Estamos otimistas para que as nossas ações continuem contribuindo com o setor”, declarou o Prefeito Nino

  • Últimas Notícias

  • Vagas de Empego

  • Publicidade