MPPE investigação possível favorecimento em poços artesianos em Lagoa do Carro

Os poços teriam sido cavados, com recurso públicos, em áreas pertencentes a políticos, que prejudica a distribuição de água aos moradores.


10 dias! Foi o prazo dado pelo promotor de justiça,Guilherme Graciliano, a secretaria de Agricultura da cidade de Lagoa do Carro para que envie informações sobre a perfuração de poços artesianos perfurados,pela prefeitura, na cidade, nos últimos cinco anos.

A Promotoria de Carpina instaurou um inquérito civil para investigar uma denúncia de que os poços teria sido cavados, indevidamente, em áreas pertencentes a políticos da cidade impossibilitando que a população tivesse acesso a água.

A perfuração teria sido bancada com recursos públicos oriundos do próprio cofre da prefeitura ou através de parcerias com o governo do estado de Pernambuco.

O promotor solicitou a pasta de agricultura do município que encaminhe, por escrito, a relação do poços artesianos instalados pela Prefeitura, com recursos públicos municipais ou estaduais, indicando o nome da localidade (distrito, bairro), nome da propriedade (sítio/fazenda etc.) e nome do proprietário/possuidor dos imóveis em que os poços artesianos foram instalados pela Prefeitura de Lagoa do Carro.

  • Últimas Notícias

  • Vagas de Empego

  • Publicidade