MPPE investiga convênio entre Prefeitura de Paudalho e Fundarpe

O MPPE investiga se houve irregularidades, dano ao erário ou apropriação de recursos públicos.


Um convênio realizado entre e Prefeitura de Paudalho e a Fundação do Patrimônio Artístico de Pernambuco (FUNDARPE), no ano de 2014, está sendo alvo de uma investigação do Ministério Público de Pernambuco (MPPE).

A Promotoria de justiça da cidade abriu um inquérito civil público para investigar, se houve ou não, apropriação de recursos públicos ou fraude.

O relatório de uma auditória realizada pela Gerência Ministerial de Arquitetura Engenharia do Ministério Público de Pernambuco apontou possíveis irregularidades em um processo licitatório, realizado pela Prefeitura que causo dano ao erário.

O MPPE solicitou ao Ministério Público de Contas (MPCO) se houve irregularidades no convênio.

  • Últimas Notícias

  • Vagas de Empego

  • Publicidade

  • Black Friday