Suspeito de matar marceneiro com barra de ferro é preso em Limoeiro

Pedro Lopes da Silva, 41 anos, é suspeito de matar José Felipe Barbosa, 74 anos, por causa de uma lata de cola


Foi preso em Limoeiro, no Agreste Pernambucano, o homem suspeito de matar o marceneiro José Felipe Barbosa, 74 anos, com golpes de barra de ferro na cabeça. Pedro Lopes da Silva, 41 anos, foi encaminhado nesta quarta-feira para o Departamento de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP), no Cordeiro, onde prestará depoimento.

Ele é suspeito de ter matado o marceneiro José Felipe no dia 4 de janeiro, em uma casa localizada na Avenida Antônio da Costa Azevedo, em Jardim Brasil II, em Olinda, por causa de uma lata de cola. Pedro teria usado uma barra de ferro para cometer o crime e fugiu do local de bicicleta.

O suspeito foi preso na tarde de terça-feira, após uma denúncia em Sítio Mendes, Zona Rural de Limoeiro. Segundo a delegada Maria Betânia de Freitas Tavares, a polícia recebeu a informação de que ele estava aterrorizando a população local. “Ele é uma figura muito violenta e estava assustando as pessoas que o denunciaram. Ouvimos relatos que confirmaram a versão de que ele teria fugido de bicicleta e vindo para cá”, explica. Ele resistiu a prisão e tentou agredir os policias. Com o suspeito foi encontrado uma pequena quantidade de maconha.

Segundo a polícia, Pedro é reincidente e já cumpriu seis anos de prisão por outro homicídio. Ele foi condenado por por matar o tio em 1998.

  • Últimas Notícias

  • Vagas de Empego

  • Publicidade

  • Black Friday