José Humberto Cavalcanti lembra aniversário de fundação do Senai


O aniversário de 75 anos do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), comemorado no último mês de janeiro, mereceu registro do deputado José Humberto Cavalcanti (PTB) durante a Reunião Plenária desta segunda (16). O parlamentar lembrou a história da entidade e destacou a importância da instituição como indutora do desenvolvimento econômico em Pernambuco.

Segundo Cavalcanti, o Senai oferece, atualmente, 50 mil vagas em cursos profissionalizantes em diferentes regiões do Estado, que formam trabalhadores para economias em expansão como os setores petroquímico, automobilístico e naval. “Mesmo nessa fase de retração, mais de 60% dos ex-alunos da instituição se inserem no mercado de trabalho”, frisou.

O deputado lembrou que o modelo de financiamento da entidade – que recolhe 1% sobre a folha de pagamento das indústrias para destinar à capacitação de operários – foi reproduzido em outros países da América Latina. “A mais antiga iniciativa de ensino profissional é também a que mais se renovou, tendo um extraordinário sucesso em formar especialistas reconhecidos pela competência em toda a comunidade industrial”, pontuou.

Histórico – O Senai foi criado em 1942, durante a Segunda Guerra Mundial, como parte dos esforços para impulsionar a industrialização no Brasil. “Os dirigentes do setor perceberam que, a despeito da crueldade daquele conflito, prenunciava-se uma janela de oportunidade. Haveria de acontecer um forte aquecimento da demanda mundial quando o setor produtivo fosse se recompor”, sublinhou José Humberto Cavalcanti.

Nos anos seguintes, acompanhando políticas de diferentes governos que buscaram fortalecer o setor, a instituição instalou centros de ensino em todo o País e passou a atender diferentes áreas da economia. Hoje, o Senai é um dos cinco maiores complexos de educação profissional do mundo e o maior da América Latina.

  • Últimas Notícias

  • Vagas de Empego

  • Publicidade

  • Black Friday