Edilson Silva destaca julgamento de policiais envolvidos na morte de estudante em Itambé


O deputado Edilson Silva (PSOL) registrou, nesta quinta (5), o início do julgamento dos policiais militares acusados de matar o estudante Edvaldo da Silva Alves. O assassinato, por arma de fogo, ocorreu em Itambé (Mata Norte), em março do ano passado. Edvaldo ainda passou 25 dias internado na UTI, mas não sobreviveu. Quatro policiais serão julgados pelo assassinato.

“Trata-se de um crime grave e emblemático, diante das circunstâncias. Vamos acompanhar todo o processo de perto, e até o final, para que a punição dos culpados seja exemplar”, declarou o parlamentar, em discurso no Pequeno Expediente. O caso, que trata de homicídio simples e crime de tortura, está na Vara Única da Comarca de Itambé, onde ocorrerá a audiência.

Edilson também pontuou “a responsabilidade de o Governo do Estado corrigir o que foi feito”. Nesse sentido, ressaltou que, “felizmente, a indenização à família já foi garantida”.

  • Últimas Notícias

  • Vagas de Empego

  • Publicidade

  • Black Friday