Arte do carpinense ZerOff ilustra o Festival Rec-Beat 2018


Este ano, quem assina a arte que representa o espírito e a pluralidade sonora do Festival Rec-Beat é ZerOff, artista visual urbano, da cidade de Carpina, Pernambuco.

ZerOff é autodidata, desenhista e grafiteiro, e nesta última modalidade vem recentemente ganhando destaque como revelação em Pernambuco. O carpinense faz suas experiências artísticas e invenções urbanas através do grafite, aquarela, nanquim e na esferográfica.

“Exalto o lado lúdico da minha visão sobre o carnaval pernambucano, as cores, a leveza e serenidade sobre uma festa multicultural que abraça todos em um só lugar. O Festival RecBeat tem essa gama também, por ser filho desse grande movimento”, comenta ZerOff.

Diversos artistas já ilustraram com suas obras a identidade visual do Rec-Beat. A cada edição, o Festival convida um nome para criar uma obra inédita com sua própria interpretação conceitual do evento. Já participaram em edições anteriores: Shiko, Fernando Peres, Raoni Assis, Ayodê França e Karina Buhr.

A 23ª edição do Festival acontecerá de 10 a 13 de fevereiro de 2018, durante os quatro dias no Carnaval do Recife. A programação é gratuita e traz nomes nacionais e internacionais no já tradicional palco, ao ar livre, localizado no Cais da Alfândega, local histórico da cidade.

Em 2018, o Rec-Beat amplia novamente suas fronteiras para além do Recife e leva edições especiais do Festival para quatro outras cidades, no período pré-carnavalesco: Olinda e Caruaru (03/02), também em Pernambuco, Sobral (19/01) e Fortaleza (20/01), no Ceará.

A programação completa será anunciada em breve.

O Rec-Beat 2018 tem patrocínio da Prefeitura do Recife, Incentivo do Funcultura e Governo do Estado de Pernambuco, apoio Consulado Geral da França, Institut Français e Bureau Export. O Spotify é o player oficial e a realização é da Rec-Beat Produções.

  • Últimas Notícias

  • Vagas de Empego

  • Publicidade

  • Black Friday