Por infidelidade partidária, Diogo Prado tem mandato cassado


O vereador carpinense, Diogo Prado (PSC) teve o seu mandato de vereador cassado pelos desembargadores do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), por infidelidade partidária. A decisão foj emitida durante sessão extraordinária, realizada na manhã de hoje (17).

Diogo era réu em um processo eleitoral, movido pelo seu antigo partido o PCdoB, o qual havia sido eleito nas eleições de 2016. Para concorrer ao cargo de deputado estadual, nas eleições deste ano, Prado migrou para o Partido Social Cristão (PSC). Dos sete votos o parlamentar recebeu apenas um voto favorável.

Diogo ainda pode recorrer da decisão.

  • Últimas Notícias

  • Vagas de Empego

  • Publicidade

  • Black Friday