MPPE abre inquérito civil para investigar debito de Carlinhos do Moinho


O não recolhimento de R$ 6.682,00 feito aos cofres públicos pelo ex-prefeito de Carpina, Carlinhos do Moinho (PSB), virou alvo do Ministério Público de Pernambuco (MPPE), que instaurou um inquérito civil para investigar o ex-gestor.

O debito de Moinho é referente a uma multa, aplicada pelo Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco (TCE), no processo de prestação de contas do Instituto de Previdência do Município de Carpina (IPMC), do ano de 2013.

Os conselheiros, em dezembro de 2015, julgaram o processo regular com ressalvas, multando o prefeito da época, que teria o prazo de 15 dias para efetuar o pagamento da multa. Passados dois e quatro meses o gestor ainda não fez o recolhimento do debito. Na semana passado o próprio Ministério Público recomendou, ao prefeito da cidade, Botafogo (PDT), que inserisse o nome de Carlos Vicente de Arruda, na dívida ativa do município por não pagar a multa aplicada pelo TCE.

  • Últimas Notícias

  • Vagas de Empego

  • Publicidade

  • Black Friday