Acusados da morte do radialista Israel Silva foram condenados em Lagoa do Itaenga


Nesta segunda-feira (6) os acusados da morte do radialista Israel Gonçalves, conhecido por Israel Silva, foram condenados.

O homicídio contra o radialista ocorreu no dia 10 de novembro de 2015 dentro de uma loja, logo após a vitima deixar os filhos no colégio, no centro do município.

Após os debates do julgamento que ocorreu no Tribunal do Júri da Comarca da cidade, o Conselho de Sentença acatou a tese do Ministério Público de Pernambuco, pela condenação dos envolvidos.

A Juíza Tatiana Lapa Carneiro Leão estipulou a pena de 15 anos e 7 meses de reclusão à Henrique Luiz da Silva Ferreira, popular “Quito”.

Para Fábio Ricardo dos Santos Silva foi estipulada uma pena de 23 anos, 10 meses e 15 dias, enquanto que Mailson dos Santos Lira, foi condenado à 27 anos e 7 meses.

O trio deve cumprir inicialmente em regime fechado, todos na Penitenciária Ênio Pessoa Guerra em Limoeiro.

  • Últimas Notícias

  • Vagas de Empego

  • Publicidade

  • Black Friday