Sem provas, justiça não aceita pedido de anulação do Concurso de Carpina e extingue processo

A sentença foi publicada hoje, pelo juiz da 2ª Vara Cível.


“Inexistindo provas suficientes a demonstrar a suposta ocorrência de mácula na realização de concurso público, não há que se falar em anulação do mesmo, ainda mais quando o comportamento da atual gestão municipal indica interesses outros e não, em realidade, velar pela lisura do procedimento o qual visa invalidar”. Foi a sentença proferida pelo juiz da 2ª Vara Cível da Comarca de Justiça de Carpina, que julgou nesta quinta-feira (09), um pedido de anulação do concurso da Prefeitura de Carpina.

O magistrado disse que não houveram provas suficientes que comprovam fraude no certame e que a gestão municipal vem demonstrando interesses outros na causa que não o descobrimento da realidade dos fatos.

Na nova decisão o juiz extinguiu o processo e a Prefeitura da cidade deverá convocar os aprovados no concurso.

  • Últimas Notícias

  • Vagas de Empego

  • Publicidade

  • Black Friday