Secretários solicitam permanência da diretora do Hospital Regional de Limoeiro


Uma comissão formada por cinco secretários municipais de saúde protocolou, na última quinta-feira (3), um documento que pede a permanência da médica Elizabete Fonseca como diretora do Hospital Regional José Fernandes Salsa (HRJFS), localizado no município de Limoeiro. A reivindicação será entregue ao novo secretário estadual de Saúde, André Longo. A comissão é formada pelos secretários de Casinhas, Feira Nova, João Alfredo, Passira e Paudalho. Eles representam os vinte secretários dos municípios atendidos pela II Gerência Regional de Saúde (GERES).

De acordo com o secretário de Saúde de Paudalho e presidente do Conselho de Secretarias Municipais de Saúde de Pernambuco (COSEMS PE), Orlando Jorge, o pedido é baseado nos números apresentados pela diretora nos últimos dois anos no comando do Hospital Regional. “Não é que o hospital virou mil maravilhas do dia para a noite, mas ao longo desses dois anos muitas melhorias foram realizadas”, comentou Orlando. Ele citou como destaque a modernização da maternidade e a organização das cirurgias eletivas, além de sempre buscar manter ambulâncias à disposição dos pacientes em trabalho conjunto com as prefeituras. “Elizabete fez um grande trabalho em parceria com os municípios, parceria é a palavra”, reconheceu o presidente do COSEMS.

Atualmente, o Hospital Regional de Limoeiro atende a uma população de aproximadamente 500 mil habitantes, oriundos de 20 cidades da área de cobertura da II GERES. Por conta da demanda diária, o presidente do COSEMS disse que também pedirá mais investimentos para a unidade hospitalar. Orlando disse na Rádio Jornal Limoeiro que o HRJFS recebe R$ 220 mil mensais para os custeios e que a parcela de setembro foi recebida em dezembro. “As outras unidades do Estado recebem investimentos e melhorias. Limoeiro seria o ‘patinho feio’. Não vamos pedir, vamos exigir melhorias”, pontuou.

Blog do Agreste

  • Últimas Notícias

  • Vagas de Empego

  • Publicidade