Prefeitura do Paudalho inaugura 1º Centro do Parto Humanizado da Mata Norte


O acesso à Saúde consta no artigo XXV da Declaração Universal dos Direitos Humanos de 1948. No Brasil, o direito está previsto no Art.6º da Constituição Federal de 1988, em que estabelece como direitos sociais fundamentais a educação, saúde, o trabalho, o lazer, a segurança, a previdência social e proteção à maternidade e à infância.

Mesmo assim, de acordo com dados da Organização Mundial da Saúde (OMS) divulgado em 2018, menos da metade da população mundial recebe atualmente todos os serviços de saúde essenciais. Ainda segundo o relatório, em 2010, quase 100 milhões de pessoas foram levadas à pobreza extrema por terem que pagar pelos serviços de saúde com dinheiro dos próprios bolsos.

Superando os desafios e a crise que atinge todo o país, a Prefeitura do Paudalho mais uma vez avança e no próximo sábado (1) inaugura o primeiro Centro do Parto Humanizado Público da Zona da Mata Norte, a partir das 19h. Localizado no bairro de Santa Tereza, a estrutura da unidade impressiona.

Há vários anos nenhuma criança era registrada em Paudalho e um dos desafios da gestão é devolver aos pais paudalhenses o direito de seus filhos nascerem no Município. Serão ofertadas às mães suítes individuais equipadas com lugar para banho de sol. Com investimento total de R$ 243.929,42 , o espaço possui uma extensão de 502 m2. O Centro é o primeiro da Mata Norte público e vai ofertar o serviço que pode chegar a R$ 14 mil em unidades particulares.

Humanização dos serviços

Uma das preocupações da gestão é com a humanização tanto na atenção básica quanto nas especializadas. Por isso, o local vai respeitar a vontade da gestante em sua totalidade. E a população comemorou. O comerciante Severino Ferreira da Silva, de 36 anos, comentou que a inauguração é um exemplo da mudança em Paudalho “Esses dias eu precisei da saúde de Paudalho e logo assim de frente eu resolvi tudo o que precisava. Melhorou muito (saúde), eu posso dizer que foi 90%, porque acredito que vai melhorar ainda mais…Hoje a gente tem muitas coisas”

O prefeito Marcelo Gouveia destacou a importância da unidade para a cidade e região. “Por muitos anos nós não víamos saúde em nosso Município. Paudalho era esquecida e hoje nós temos muita mudança. O Centro do Parto Humanizado é mais uma conquista que vai devolver o direito das paudalhenses de terem filhos em Paudalho. Eu estou muito feliz em poder participar disso e é só o começo! Essa unidade vai beneficiar não somente os nossos munícipes como também toda a região”, esclareceu.

Atenção Básica

Além da inauguração do Centro do Parto Humanizado, a atenção básica funciona na cidade. Todas as Unidades Básicas de Saúde (UBSs) foram transformadas e equipadas e mais outras três estão em processo de construção nos bairros do Alto dos Irmãos, Belém e Primavera. Além disso, na última quinta-feira (2) foram entregues 18 notebooks e 54 computadores aos postos da cidade que já conta com agentes equipados com tablets para o melhor atendimento da população. A dona de casa Cosma Maria, de 51 anos, não escondeu a alegria de ver a mudança na unidade em que frequenta, no bairro de Guadalajara. “Eu fico muito feliz porque o povo de Paudalho, de Guadalajara é muito carente e essas maquinas só vão ajudar na hora de atender a gente”, comentou.

Laboratório Municipal e UPA Paudalho

Inaugurado em 23 de maio de 2017, o Laboratório Municipal, no bairro do Alto do Hospital, oferta serviços laboratoriais de domingo a domingo. São oferecidos mais de 65 tipos de exames como, por exemplo: hemograma completo, glicemia, colesterol, triglicerídeo, hormônios tireoidianos, FSH, LH, Beta-HCG, PSA total e livre, vitamina D, classificação sanguínea, parasitológico de fezes, entre outros. Por mês o local oferta cerca de 19 mil exames. Outra vitória é a Unidade de Pronto Atendimento Laura Bandeira de Melo (UPA Paudalho) que foi inaugurada em julho deste ano após anos com as obras paradas.

O local foi entregue à população totalmente estruturado com salas de serviço social, classificação de risco, sutura e curativos, inalação, administração de medicamentos, raio X e ainda consultórios, laboratórios, sala amarela (emergência) e sala vermelha (urgência), farmácia entre outros espaços.

Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, a UPA Paudalho vai funcionar sete dias da semana, 24 horas por dia ofertando cerca de 4.500 atendimentos por mês.

  • Últimas Notícias

  • Vagas de Empego

  • Publicidade

  • Black Friday