Paulo Câmara participa de missa em celebração ao início de moagem da antiga usina Cruangi

Atualmente a unidade é administrada pela Cooperativa do Agronegócio dos Fornecedores de Cana de Açúcar


O governador Paulo Câmara participou, nesta terça-feira (04), de missa campal na antiga Usina Cruangi – atualmente operada pela Cooperativa do Agronegócio dos Fornecedores de Cana de Açúcar (Coaf) – em celebração ao início da quarta moagem seguida de cana de açúcar da unidade, localizada neste município, na Zona da Mata Norte do Estado. A solenidade reuniu trabalhadores e familiares da usina, além de lideranças do setor canavieiro.

“Muito me orgulha em participar desse momento. O início da moagem de mais uma safra. Fico feliz em registrar que, nos últimos anos, com incentivo do nosso governo, esse mercado tem gerado o desenvolvimento socioeconômico de 800 produtores de cana de açúcar cooperativados que administram a antiga usina Cruangi, em Timbaúba, e que gera 3,7 mil postos de trabalho, entre campo e indústria”, disse o governador.

Presidente da Coaf, Alexandre Andrade Lima prevê que a usina irá moer 650 mil toneladas de cana na safra que acaba de começar, ante os 544 mil da safra 2017/18. “Com essa quantidade produzida, teremos um faturamento de cerca de R$ 105 milhões, ampliando em 20% em comparação com a safra anterior, quando foram faturados R$ 95 milhões”, frisou.

Desde que foi reaberta, em 2015, a usina já produziu quase 1,2 milhão de toneladas de cana de açúcar. O gestor da Coaf explicou, ainda, que a reabertura teve o incentivo do Governo do Estado, por meio da concessão do crédito presumido de 18,5%. “Por conta dessa iniciativa, só pagamos 4,5% do ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) do etanol hidratado que vendemos. E isso foi muito significativo para que a gente pudesse viabilizar e consolidar o trabalho da Cooperativa”, completou Alexandre Andrade Lima.

  • Últimas Notícias

  • Vagas de Empego

  • Publicidade

  • Black Friday