Nove macacos foram encontrados mortos em Pernambuco

Primatas foram encontrados na RMR, Agreste e Sertão. A SES não acredita que mortes estejam relacionadas a febre amarela.


Novos dados sobre a morte suspeita de macacos foram registrados em Pernambuco. Até agora foram notificados sete episódios de mortes localizadas de primatas (epizootias), envolvendo nove animais. Os registros aconteceram no Recife, Jaboatão do Guararapes, Cabo de Santo Agostinho e Abreu e Lima, na Região Metropolitana; Caruaru e São João, no Agreste; e Betânia, no Sertão.

Segundo a Secretaria Estadual de Saúde (SES), seis ocorrências foram com um macaco e uma ocorrência, com três animais. Essa última foi com saguis na área do residencial do Le Parc, em Boa Viagem. A pasta afirma que todos os casos são isolados, sem conexão. Nenhum possui característica para febre amarela. Entre as hipóteses diagnósticas iniciais, estão choque, herpes, agressão e verminoses. Três macacos foram recolhidos para as analises laboratoriais completas.

A secretaria reforçou que o aumento de epizootias – de duas para sete – reflete a divulgação permanente do assunto na mídia e a sensibilização da população.

  • Últimas Notícias

  • Vagas de Empego

  • Publicidade

  • Black Friday