Gestante tem atendimento negado em PSF de Buenos Aires

Segundo a denunciante a secretaria de saúde do município disse que nada poderia fazer.


Com 22 anos e uma gestação de quatro meses uma jovem procurou os serviços oferecidos pelo Posto de Saúde da Família, da comunidade da Vila São Luiz, na cidade de Buenos Aires, onde realizaria exames laboratoriais, onde acompanharia sua gravidez.

Na intenção de ser atendida a jovem madrugou, foi uma das primeiras a chegar, mas mesmo assim não teve a oportunidade de realizar o teste. A responsável pela coleta, uma enfermeira identificada Mauricéa Brasilino do Nascimento, conhecida como Peteca Enfermeira. Segundo a gravida a enfermeira passou oito pessoas em sua frente.

A jovem questionou o porquê, já que ela havia sido a primeira a chegar, a enfermeira disse que ela esperasse, caso quisesse ser atendida.

Revoltada a jovem procurou a Secretaria Municipal de Saúde, onde recebeu a informação de que “não poderiam fazer nada por ela”.

Procuramos a secretária municipal de saúde, para comentar sobre o assunto, mas ninguém retornou nossas ligações.

  • Últimas Notícias

  • Vagas de Empego

  • Publicidade

  • Black Friday