Desmatamento em área de preservação é destruído na Mata Norte


A Agência Estadual de Meio Ambiente (CPRH) constatou tentativas de invasão e desmatamento em duas áreas, no total de aproximadamente dez hectares, para cultivo ilegal de banana em parte da Unidade de Conservação (UC) Mata do Engenho Água Azul, na Mata Norte de Pernambuco. As operações ocorreram entre a quarta-feira e a sexta-feira passadas (13 a 15). Segundo o CPRH, o monitoramento foi motivado por conta de alertas de ocupações irregulares na região.

Na mesma operação, foi apreendido mais de vinte metros de lenha irregular para uso em fogueiras juninas e 30 pássaros de diversas espécies; entre elas galo de campina, guriatã, trinca-ferro e canário. A lenha foi levada à Prefeitura de Timbaúba e as aves foram encaminhadas ao Centro de Triagem de Animais Silvestres de Pernambuco (Cetas Tangara), da CPRH, onde serão reabilitados e depois devolvidos à natureza.

Nenhum suspeito foi encontrado
Nenhum suspeito do cultivo ilegal e tentativa de invasão foi encontrado. A Mata do Engenho Água Azul é uma Unidade de Conservação de Proteção Integral que abrange partes dos territórios dos municípios de Timbaúba, Vicência e Macaparana. É uma área remanescente da Floresta Atlântica da Mata Norte de Pernambuco.

Ainda de acordo com o CPRH, o monitoramento será reforçado na região, bem como as ações de fiscalização da Agência, em parceria com as polícias Civil e Militar.

  • Últimas Notícias

  • Vagas de Empego

  • Publicidade

  • Black Friday