De novo: Deivinho Sanfoneiro volta a compor para cobrar Governo do Estado


Cansado de esperar, o cantor e compositor Deivinho Sanfoneiro pegou os seus instrumentos de trabalho e compôs uma música para cobrar ao Governo de Pernambuco (Fundarpe e Empetur), o pagamento dos cachês que estão atrasados. Segundo a letra, os artistas aguardam a liberação do valor dos shows contratados pela gestão estadual e realizados no período junino. Com foco na frase “ajude o artista”, o músico lembra ao governador (Paulo Câmara) que os artistas são responsáveis pela alegria da população. Deivinho ainda pede que o gestor ajude aos artistas pagando em dia. “Essa música é um grito de socorro”, disse o artista a nossa reportagem.

De acordo com o sanfoneiro, as apresentações do São João 2017 foram pagas no Carnaval de 2018, ou seja, oito meses depois. Já os shows das festividades juninas deste ano não tem previsão. “Liguei para o pessoal da Cultura e recebi a informação de que não tem previsão de pagar”, lamentou Deivinho, ao informar que muitos colegas de profissão estão na mesma situação. Ainda na canção, ele também lembra que os músicos tem família, precisam pagar as contas e alimentar os filhos. “Estamos desacobertados”, desabafou. Ao final, o compositor pondera ao reconhecer que o governador é um homem de bem e pede novamente: “ajude a gente”.

Em 2015 Deivinho criou uma canção, que viralizou em grupos de WhatsApp. Na época o sanfoneiro já cobrava ao governo os cachês das apresentações dos festejos juninos daquele ano.

Com informações do Blog do Agreste

  • Últimas Notícias

  • Vagas de Empego

  • Publicidade

  • Black Friday