Comandante do 7º Grupamento de Bombeiros proíbe o extermínio de abelhas


Alinhado com a diretriz do Comando Geral da Corporação, o Ten. Cel. BM Edson Marconni – Comandante do 7º Grupamento de Bombeiros, proíbe o extermínio de abelhas.

“Em situações emergenciais ou quando as abelhas puderem causar danos à integridade das pessoas, as abelhas serão capturadas e relocadas para o habitat na natureza”, disse Marconni.

“Nada de extermínio, as abelhas são essenciais para a sobrevivência da humanidade e não enxergar isso é colocar em risco sua própria existência”.
Não me parece ser razoável matar qualquer animal, simplesmente porque alguém se sente ameaçado com sua presença.

Se as pessoas compreendessem a importância das abelhas para a sobrevivência da humanidade nunca permitiriam que matassem esse animal.

Preservar a fauna e a flora também é o pensamento do Comandante Geral, Cel BM Manoel Cunha, que através de Portaria determinou as condutas operacionais da Corporação nas ocorrências envolvendo animais silvestres.

  • Últimas Notícias

  • Vagas de Empego

  • Publicidade