Artigo: Mata Norte sem tempo para fuleragem, mãos a obra pessoal


O Brasil enfrenta uma das MAIORES CRISES DE SUA HISTÓRIA, muitos autores já colocam como a mais grave e séria desde 1929. Um grupo de Prefeitos alguns em segundo mandato , outros em primeiro mandato e ainda outros que regressam ao poder municipal, se deparam com DURA REALIDADE DA GESTÃO : COFRES VAZIOS, FALTA DE PERSPECTIVAS, DEMANDAS ECONÔMICAS E SOCIAIS DE VULTO. O pior dos mundos para quem teve o sonho de retorno ao Governo Municipal. Um dos principais desafios para os novos gestores será superar a crise econômica. A situação econômica não é favorável aos municípios, e nenhuma a administração pode gastar mais do que arrecada. Economizar é fundamental , desde diárias, horas extras, energia elétrica, água, copias reprográficas , cartuchos de tinta, combustível e saídas desnecessárias. São várias pequenas coisas, mas que em um todo, durante o ano, representam bastante. Nada vai adiantar porém se os gestores não colocarem O PLANEJAMENTO como a primeira e decisiva prioridade.

O Fracasso das gestões diante da Crise , foi um dos motivos de muitos prefeitos não concorrerem à reeleição no pleito de 2016. AS demandas da população se acumularam . As comunidades esperam que o trabalho seja intenso.

Além da arrecadação de impostos, os novos gestores devem buscar de forma efetiva, apoio de seus parlamentares , para PROJETOS DE CAPTAÇÃO DE RECURSO, sem articulação não haverá solução.

Como máxima das ações fundamentais, a primordial e inadiável GERAÇÃO DE EMPREGO E RENDA. Não esperem INDUSTRIAS, PRINCIPAIS VITIMAS DA CRISE. NÃO ESPEREM CHUVAS REGULARES EM 2017 ATE 2019, o fundamental neste tempo é implementar um ambiente empreendedor e gerador de riquezas.
Em segundo lugar PRIORIZEM A ÁREA RURAL ,a economia do todos os Municípios da Mata Norte de Pernambuco tem no setor primário um forte eixo estratégico, INVESTIR NOS AGRICULTORES FAMILIARES , nós precisamos dar uma atenção especial, como um BOM ACESSO EM ESTRADAS, ASSISTÊNCIA TÉCNICA , SOCIAL E DE SAÚDE e hoje muito mais que ontem a SEGURANÇA PÚBLICA.

AOS JOVENS, OS GESTORES PRECISAM OFERECER RAPIDAMENTE CURSOS DE PROFISSIONALIZAÇÃO E AOS COMERCIANTES QUALIFICAÇÃO E APOIO para que a população compre e consuma no seu município ou em algum município da região.

O que menos nós precisamos é de bate boca , fofoca e querela politica, menos politicagem , mais ação é o que toda a região espera.

JUVENAL VALÉRIO ALVES
Administrador e Gestor Público

  • Últimas Notícias

  • Vagas de Empego

  • Publicidade